24.12.06

Feliz Natal e um Ano Novo Repleto de Realizações...



Obrigado a todos que visitaram o Blog Biodiverso em 2006 e tiverem paciência de ler minhas reclamações, ilusões e idéias...
Em 2007 o Blog continuará com força total.

- Abraços a todos deste mundo biodiverso -

14.12.06

Presente de Natal....

Eu não sei se é mesmo verdade, se foi mesmo votado e o que vai acontecer. A notícia que os parlamentares dobraram seus salários é difícil de acreditar e pode mesmo se tornar realidade. O aumento será de 90,7% mudando o valor de R$ 12,847,20 para R$ 24.500.
Como uma ação deste tipo pode acontecer em um país que precisa crescer, engrenar no mercado, dividir renda e investir na educação, meio ambiente e no social. Eu sinto repúdio destes parlamentares, e mais raiva ainda da população apática que aceita e assina embaixo nestas situações. O que mais pode acontecer nesta democracia frágil, que mais parece um coronelismo de cabresto, como demonstrado nas últimas eleições. Eu pensei que a eleição de artistas engraçados, perobas, sanguessugas e mensaleiros fosse o fundo do poço, mas estamos longe disto.
Enquanto a elite brasileira não for mais carismática e bondosa, deixando pelo menos o resto que sobra do dinheiro para população em geral, nosso país não mudará de situação. Serão novos PCCs, Sem-Terras e pobreza em geral "atrapalhando" o andamento deste "país que cresce" (como diz o Lula, apesar do PIB igual do Haiti).
Culpar também grupos oprimidos e a legislação ambiental de atrapalhar o desevolvimento do país é de brutal ignorância nos dias de hoje e só mostra a verdadeiro analfabetismo político brasileiro, que é pragmático, desenvolvimentista e propagandístico (isto mesmo lembra a ditadura, bem lembrado).
Quando dizemos que a legislação ambiental brasileira é uma das melhores do mundo, não estamos totalmente errados, erramos somente em achar que ela funciona, talvez funcionasse na Europa ou sei lá aonde. Mas agora estou tranquilo, com este aumento os parlamentares irão trabalhar com mais vontade e com certeza irão pensar em projeto bem futuro distante de melhoria de renda dos mais necessitados.

1.12.06

Aprovado o Projeto de Lei da Mata Atlântica

Portal do Meio Ambiente - Depois de 14 anos em tramitação, o Projeto de Lei da Mata Atlântica (PL 3285/92, apresentado pelo ex-deputado federal Fabio Feldmann) foi aprovado hoje (29 de novembro) pela Câmara dos Deputados. Agora, o texto segue para sanção do presidente Luís Inácio Lula da Silva, apoiado em um forte acordo firmado pelas lideranças dos partidos pela aprovação e posterior implantação da lei que regulamenta o uso e proteção das áreas deste bioma que já foi 93% devastado.


“Felizmente temos em mãos um projeto muito atual e moderno”, avalia Mario Mantovani, diretor de mobilização da Fundação SOS Mata Atlântica. “Durante estes anos, o PL foi sendo atualizado por leis como as de Crimes Ambientais, dos resíduos sólidos e dos recursos hídricos. Questões como a dos estágios sucessionais já foram regulamentadas em 16 Estados, em conselhos estaduais e no Conselho Nacional de Meio Ambiente.”

“A aprovação do Projeto de Lei é fundamental e com ela o Congresso brasileiro paga uma dívida que começou em 1988 com a Constituição Federal”, analisa Fabio Feldmann, autor do projeto, um dos fundadores da SOS Mata Atlântica e atual secretário-geral do Fórum Paulista de Mudanças Climáticas. “Com a aprovação deixam de existir dúvidas sobre o que é e qual a extensão da Mata Atlântica e se assegura a proteção dos remanescentes. Hoje, muitos empreendimentos imobiliários colocam como atrativo o fato de estarem na Mata Atlântica, a mídia cobre vastamente as iniciativas no bioma, qualquer estudante sabe o que é Mata Atlântica e ainda assim passamos por 14 anos de enormes resistências”.

Mantovani ressalta o papel do ex-deputado Fabio Feldmann que em 1992 “teve a coragem de apresentar este projeto em contraponto ao Decreto 750, quando o desmatamento estava sem controle”. “A ministra Marina Silva e vários deputados, como Luciano Zica, Fernando Gabeira e o relator Edson Duarte se envolveram pessoalmente para que esta vitória fosse possível”, afirma. “Tivemos uma intensa participação da sociedade em todas as etapas do Projeto, com forte mobilização, o que demonstra a legitimidade desta vitória”. Entre os avanços que o Projeto de Lei da Mata Atlântica traz estão a criação de um fundo de restauração, a redução de impostos, a facilidade de acesso a linhas de crédito para proprietários de terras com áreas preservadas e, principalmente, a proteção e a conservação do bioma.